A chana da minha vó

O autor do choro Carinhoso veio ao mundo no bairro da Piedade, subúrbio carioca, com a responsabilidade de carregar o nome do pai, Alfredo da Rocha Vianna Filho, mas de pronto abandonou o nome da certidão. A avó Ediwirges apelidou-o de “Pizindin”, que era como chamavam os pequenos bons lá na África. Já para os camaradas da rua no Catumbi, era o “Bexiguinha”, por causa … Continuar lendo A chana da minha vó

702, um apartamento laico

Um estado laico é oficialmente imparcial em relação às questões religiosas, não se opondo a nenhuma crença. Assim é esse apartamento do sétimo andar, onde judeus não praticantes convivem com protestantes, ateus, cristãos, seguidores da doutrina japonesa Perfect Liberty e quem mais chegar. Infelizmente não contamos com moradores ou habitués hindus, siques ou muçulmanos. Mas, como bons cariocas que somos, acendemos de bom grado uma … Continuar lendo 702, um apartamento laico